quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Antena 1 - Entrevista a António Barreto


Antena 1 - Entrevista a António Barreto

Portugal está à deriva

António Barreto, sociólogo, membro da Academia das Ciências de Lisboa e presidente da Fundação Francisco Manuel dos Santos, revela-se muito céptico em relação ao futuro de Portugal. O sociólogo considera que o país só tem cinco anos para encontrar um rumo, porque já perdeu muita da capacidade de tomar decisões sozinho.
Nesta entrevista conduzida pelo jornalista José Manuel Rosendo a propósito do livro “Justiça Fiscal”, de Saldanha Sanches, editado pela Fundação Francisco Manuel dos Santos, António Barreto considera que Portugal está há 15 anos a viver um “período de pura deriva”, em que os impostos oscilam de acordo com as necessidades do momento.
António Barreto acusa ainda os últimos Governos de nada terem feito para evitar a situação económica a que o país chegou, e, em abstracto, admite que os sacrifícios que são exigidos aos trabalhadores do sector público possam estender-se ao sector privado. Diz também que temos assistido a um debate esteril e que esse debate deveria estar centrado no futuro, porque esse futuro, com os actuais indicadores, é muito negro.

Sem comentários:

Publicar um comentário