segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Aminetu Haidar chegou a Portugal


A activista saharaui dos Direitos Humanos, Aminetu Haidar, que fez recentemente uma greve de fome em defesa do direito de regressar a casa, no Sahara Ocidental, acaba de chegar a Portugal. Vem para receber a Medalha da Universidade de Coimbra e, disse ela à chegada, "para homenagear o caro amigo José Saramago". Na noite de domingo, logo à chegada disse esperar que Portugal desempenhe um papel importante para a causa do povo saharaui, tal como desempenhou na causa do povo de Timor-Leste. Quanto às negociações que decorrem esta segunda e terça-feira em Nova Iorque, entre Marrocos e a Frente Polisário, disse não ter grandes esperanças e acusou Marrocos de não estar de boa-fé, porque enquanto se apresenta para negociar continua a reprimir violentamente o povo do Sahara Ocidental. Recentemente as autoridades marroquinas não autorizaram a entrada de eurodeputados, jornalistas e também de um dirigente da JCP. Uma recusa que alguns relatos descrevem como muito violenta.

Aminetu Haidar vai estar na Universidade de Coimbra, na Reitoria da Universidadede Lisboa e terá contactos com a Assembleia da República e com a Câmara Municipal de Lisboa.

Sem comentários:

Publicar um comentário